Entrevista com Ricardo Barros , ganhador da 4a e 5a etapas do Torneio Ligamagic na Medieval Toys

Publicado: 09/01/2015 em Magic the Gathering
Tags:, , , ,

Deck

claw2 (1)

 

Entrevista:

Coreia: Quando e como você começou a jogar Magic: the Gathering Ricardo “ROFELLOS” Barros?

Rofellos: Eu comecei a jogar em 1997. Um amigo tinha comprado dois decks de 4a edição e me ensinou. Eu acabei conhecendo mais gente que jogava e logo nós começamos a participar de campeonatos no Rio. Jogamos o primeiro GP do Brasil, em 98, com uns decks horríveis, mas a vontade de jogar e ir bem a torneios só aumentou.

Coreia: Como foi essa decisão de voltar aos jogos de cartinhas magicas e endemoniadas?

Rofellos: É difícil ficar longe do Magic. Eu parei de jogar a primeira vez em 2005/2006, mas eu ainda lia bastante coisa sobre Magic. Quando mudei de volta para Jundiaí em 2009, joguei o GP São Paulo com o Kala, Henrique, Robson e mais um pessoal das antigas. Porém o Magic em Jundiaí estava em baixa nessa época (o pessoal tinha pouca s cartas e tal) e eu parei de novo. Fiquei uns 2-3 anos afastado mesmo, mas voltei a ler coisas de Magic quando Willy e Roriz fizeram top8 num PT moderno. Continuei sem jogar, mas acompanhava a coverage dos campeonatos pela internet. O que me animou mesmo foi o GP limited de trios, que é o meu formato favorito. Joguei uns torneios com o Kala e Murilo na medieval para treinar e acabei me empolgando a voltar a ter cartas e jogar tipo 2.

Coreia: Qual o melhor resultado que já obteve no Magic: the Gathering?

Rofellos: Eu ganhei 3 ptqs entre 2000 e 2002 e fiz muitos top8s, na época que eles não davam viagem para o campeão. Acabei jogando só dois PTs. Terminei em 10o no nacional que o Tanaka ganhou, perdendo na última rodada. Também fiz top 16 no segundo GP Rio, perdendo a última rodada. Acho que o resultado que eu mais me orgulho foi o top 32 no segundo GP São Paulo, porque meu deck era muito ruim, mas mesmo assim eu terminei no dinheiro. Além disso, duas pessoas que treinaram comigo fizeram top8 do GP (Michel Shirozono e Rodrigo ‘Perninha’). O que todos esses resultados têm em comum é que eles aconteceram há mais de dez anos.

Coreia: Como foi a escolha do deck para jogar as ultimas 2 etapas? Pois sabemos que você que você começou com o Jeskai Wins migrou para o Jeskai tokens e agora resolver fazer bichões do TEMUR!

Rofellos: A 1a etapa do circuito foi meu primeiro campeonato T2 desde 2009, então eu estava bem enferrujado. Fiz 2-3 sem jogar muito bem e sideando errado. Na semana seguinte fiz 4-1 com Jeskai, jogando um pouco melhor. Antes da 3a etapa, o deck de tokens saiu no campeonato mundial e eu gostei bastante, porque treasure cruise é muito forte. Fiz outro 4-1 com Jeskai, agora tokens. Porém, antes da 4- etapa eu comecei a perder muito com o Jeskai. Fiz 0-2 no Friday e 0-3 no PTQ em São José. Era hora de mudar. Eu gostaria de ter jogado de Abzan, mas não tinha as cartas, então a opção foi o Temur.  .

Coreia: Houve alguma mudança na lista, de uma semana pra outra? Alguma carta que lhe fez falta ou você não precisou usar?

Rofellos: Eu mudei duas cartas no main deck e duas no side. No main saíram 1 Lightning Strike (que é ruim contra decks verdes) e 1 Course of Kruphix (que é bom, mas que você não precisa de dois na mesa) para entrarem o 4o Strombreath Dragon e 1 Polis Crusher. O Crusher jogou muito bem e me ajudou a ganhar do deck de Whip do Ricardo. No side eu tirei as duas Chandras e coloquei 2 Lightning strike.

Coreia: Nas duas semanas qual foi o jogo mais difícil para você? E Por quê?

Rofellos: Os dois jogos contra Abzan foram difíceis, ambos na última rodada. Perdi pro Pão na 4a etapa e ganhei do Edgar na 5 a. Siege Rhino nunca é uma carta que você quer ver do outro lado da mesa. As partidas contra o Mardu do Paulo também foram complicadas, especialmente porque eu acho que ele é o melhor jogador de Jundiaí atualmente.

Coreia: Qual carta lhe deu mais trabalho para contornar?

Rofellos: Siege Rhino e Whip são as cartas mais complicadas. Por isso eu comecei a jogar com 1 Reclamation Sage no main deck.

Coreia: Entre todos os anos de Magic: The Gathering, Qual foi a jogada mais espetacular que você fez?

Rofellos: Ao contrário do Orlando, eu não lembro bem de jogadas que aconteceram há muitos anos. Porém, minha mulligan pra cinco contra o Paulo foi lendária. Keepei 5 on the play sem nenhuma land. Falei vai e o Paulo nem entendeu. Levei um seize na Caryatid, mas comprei cinco lands seguidas e o Paulo estava sem mana branca, então eu ganhei.

Coreia: Você é um cara casado, geralmente Magic e casamento são polos opositores de uma vida feliz, Como você consegue conciliar essa vida? Sobra-te tempo para treinar?

Rofellos: Na verdade foi a minha esposa que me incentivou a jogar depois do GP, porque eu estava estressado no trabalho e estava precisando de um hobby. Mesmo assim é complicado. Eu não tenho tempo pra treinar, então as mudanças de deck são feitas só na teoria e conversando com Jean, Orlando e Paulo pelo Face book.

Coreia: Você criou escola no Magic de Jundiaí, Talvez a geração de hoje só exista por sua causa. Você tem noção da lenda que você é e do quanto importante foi sua participação no cenário competitivo?

Na verdade eu acho que eu devo meus resultados de Magic ao fato de ter mudado para Jundiaí. Quando eu mudei para cá em 1999, já tinha uma loja com bastante gente boa. Orlando, Allan, Michel , Tanaka e Celso Hino sempre participavam de campeonatos em São Paulo. Jogar toda sexta e sábado contra eles e ter com quem trocar ideias numa época em que o Magic na internet não era tão difundido foi importante. A proximidade de São Paulo também me ajudou a participar de muitos campeonatos grandes e é isso que te faz melhorar no Magic.

Coreia: Se o cara faz BAYOU vai, voce faz WASTELAND vai, ele desce WASTELAND e da WASTE na WASTE, Qual jogada voce faz?

Rofellos: Eu faço “WASTE NA BAYOU” e dou risada porque o cara tá jogando com uma das piores duals.

     https://skypewebexperience.live.com/content/3-14-1802/telemetry-iframe-outlook.html?sts=1420816879073&sessionid=9e4d185c-9fdd-46c3-3af1-8bad170727e4&hostproperty=outlook&origin=https%3A%2F%2Fbay173.mail.live.com&dynamicConfig=%7B%22Data%22%3A%7B%22visitorSampling%22%3A0.001%7D%7Dhttps://skypewebexperience.live.com/content/3-14-1802/swe-iframe.html?sts=1420816879078&sessionid=9e4d185c-9fdd-46c3-3af1-8bad170727e4&hostproperty=outlook&origin=bay173.mail.live.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s